sábado, 7 de maio de 2016

Documentário “O Começo da Vida” aborda importância dos primeiros anos de vida

Estreou nesta quinta-feira (5) nos cinemas brasileiros o documentário “O Começo da Vida”, da diretora Estela Renner (“Criança a Alma do Negócio” e “Muito Além do Peso”), baseado nas recentes descobertas da neurociência sobre a primeira infância.
O documentário mostra entrevistas com especialistas e histórias de famílias das mais diversas culturas e classes sociais em países como Brasil, Canadá, Índia, China, Quênia, Itália, Argentina, Estados Unidos e França.
O filme conta as histórias de famílias como a de Gisele Bündchen e a de Phula, uma menina que cuida sozinha dos irmãos em uma comunidade indiana em meio a obras em construção.
O “Começo da Vida” é uma produção da Maria Farinha Filmes e uma iniciativa da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, da Fundação Bernard Van Leer, do Instituto Alana e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).
O filme é dublado em seis idiomas (inglês, português, espanhol, francês, árabe e chinês) e legendado em 21. Também estará acessível em Libras (língua brasileira de sinais), closed caption (ou legenda fechada) e audiodescrição, no aplicativo MovieReading — disponível para smartphones e tablets.
Nas cidades fora do circuito em que o filme estiver em cartaz, inclusive no exterior, “O Começo da Vida” será disponibilizado gratuitamente no Videocamp. Por meio da plataforma on-line, os interessados podem organizar uma exibição pública em suas casas, escolas, praças, etc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário