segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Colóquio "Para Sempre Nosso, Caio F."


O colóquio “Para Sempre Nosso, Caio F. - Escrita de si e autoficção” está com suas inscrições abertas até 1º de março de 2017. O evento se realizará entre 26 e 28 de abril na UFU - Universidade Federal de Uberlândia - MG e contamos com a sua pr esença!

propaganda.gif

Homenageamos o autor Caio Fernando Abreu, entretanto nos interessam trabalhos que sigam a temática de “Escrita de si e Autoficção” no seguintes eixos temáticos:
 
Obra de Caio Fernando Abreu
Todos os contos e romances de Caio Fernando Abreu merecem análise e interpretações, seus personagens, seus enredos, os cenários recriados em suas obras, as temáticas dos afetos, dos papéis sociais, as metáforas da doença e da morte, o glamour do rádio e do cinema que ele tão bem retratou em sua produção;
 
Autobiografia ficcional
Quase todos os textos de Caio Fernando Abreu são passados em primeira pessoa, indicando o uso do pronome Eu para um passeio por autobiografias de jornalistas, escritores, prostitutas e toda uma fauna da noite das grandes cidades brasileiras, que escrevem e confessam a seus leitores suas mazelas, seus afetos, amores e desesperanças; textos de outros autores que versam sobre autobiografia ficcional também nos interessam;
 
Autoficção
As brincadeiras que o autor Caio Fernando Abreu faz com seus dados biográficos ao se transfigurar em personagens escritores e jornalistas em seus contos, dando mostras de apostar em um universo ficcional que mistura realidade e ficção, vida e obra muitas vezes com seu olhar irônico para esses entrecruzamentos são aceitos pelo colóquio que também aceita trabalhos que versem sobre os diversos autores que escrevem autoficção, seja em língua estrangeira, seja em língua portuguesa;
 
Adaptações
Literatura, artes e mídias -  a obra de Caio Fernando Abreu recebeu várias adaptações para o cinema, o teatro e a televisão e estas merecem ser analisadas e ganharem interpretações; o colóquio também aceita adaptações de diversas obras literárias, bem como trabalhos que analisam as relações entre as diversas mídias;
 
Literatura e homoerotismo
Trabalhos que analisem textos os mais diversos sobre a temática do homoerotismo seja em produção de escritores brasileiros ou estrangeiros;
 
Homocultura e linguagens
Todos os trabalhos que analisem a produção que se tem feito com relação às temáticas LGBT, queer e afins são bem vindos ao colóquio.

Faça sua inscrição até o dia 1° de março com um resumo de 300 a 500 palavras entrando nesse link:
Aguardamos vocês!
Fonte: Prof. Fábio Camargo - ILEEL / UFU

Nenhum comentário:

Postar um comentário