sexta-feira, 31 de março de 2017

Discurso das novas dietas reforça padrões de beleza inalcançáveis

Preocupação em perder peso aumentou convertendo-se em neurose alimentada pelo discurso da mídia atual, afirma pesquisa
Por  - Editorias: Ciências Humanas

Considerado um dos maiores sinais de legitimação na indústria da moda e entretenimento, ser capa de revista é a materialização de uma série de conquistas. Entretanto, a foto que estampa edições mundo afora ainda representa um objetivo inatingível para o público leitor.
Uma pesquisa realizada em 2014, com 150 pacientes entre 10 e 24 anos de idade atendidas no Ambulatório de Ginecologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) e do hospital estadual Pérola Byington, na capital paulista, mostrou que 85% das jovens acreditam que existe um padrão de beleza imposto pela sociedade, 46% acreditam que mulheres magras são mais felizes e ainda que 55% delas adorariam acordar magras.
A exacerbação de corpos magros pela mídia e a presença constante de retoques digitais – os chamados “corpos photoshopados” – utilizados para promover um infindável número de novas dietas são alvo de uma tese de doutorado em desenvolvimento na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP. [...]

Nenhum comentário:

Postar um comentário